Deus tem mãe?

Tem sim. E seu nome é Maria. Maria de Nazaré. E seus avós são Joaquim e Ana. Jesus é Deus e homem. É filho de Deus e da humana Maria. A jovem Maria de Nazaré aceitou o convite de Deus, através do Anjo Gabriel, de se tornar a mãe do Salvador Jesus Cristo. O sangue que corre nas veias dessa criatura divina e humana traz o DNA de Maria.

Essa mulher santa merece admiração e gratidão de todos que seguem e aceitam a salvação de Jesus Cristo, seu filho. Nós chamamos essa atitude de Devoção a Nossa Senhora. Essa senhora tem muitos nomes e apelidos. Centenas. Mas é sempre a mesma Maria de Nazaré, mãe de Deus.

Minha devoção a Nossa Senhora eu herdei de minha família. No quarto dos guris havia um quadro grande de Nossa Senhora das Graças. Mamãe explicava que os raios que saíam de suas mãos, representavam as graças de Deus que Maria distribuía a seus devotos.

Para ser um bom devoto de Nossa Senhora, não basta pedir e agradecer as graças, mas é preciso também inspirar-se em Maria e procurar imitar alguma atitude dela. Na família e no seminário sempre fui incentivado a confiar muito em Nossa Senhora e na sua proteção e carinho maternal. No santinho de minha Ordenação eu escrevi: “Ó Maria, a ti confio o meu Sacerdócio”.

Frei Martinho Warken, OFM

11 visualizações

CONTATO

(51) 9 81934117 (WhatsApp)

(51) 9 91333684

SIGA-NOS E ACOMPANHE

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
Logo_Provincial.png

© 2018 Todos os direitos reservados | Ordem dos Frades Menores - Rio Grande do Sul