São Francisco e a missão franciscana

No dia 04 de outubro nós celebramos o dia de São Francisco de Assis um dos santos mais populares da nossa Igreja e fundador da Família Franciscana (Ordem dos Frades Menores (capuchinhos e conventuais), Ordem de Santa Clara e Ordem Franciscana Secular). Hoje o carisma e missão de São Francisco de Assis é vivido por mais de uma centena de Ordens e Congregações religiosas espalhadas por todos os cantos do mundo.

São Francisco de Assis, desde o início da sua conversão, compreendeu o seguimento a Jesus Cristo pela via da missão itinerante e do desapego. Basta recordarmos a famosa expressão “nosso claustro é o mundo” que teria sido dita diante da insatisfação de alguns frades que reclamavam o direito de construírem conventos para morarem e se fixarem. Nossa missão franciscana é vivermos o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo no mundo em permanente estado de itinerância missionária.

Outro elemento da nossa vocação missionária que poderíamos acentuar como franciscanos é a fraternidade. Cada franciscano(a) onde está atuando, o faz, em nome da sua fraternidade provincial e local. É na fraternidade que se encontra um dos bens mais preciosos dado por Deus para a nossa missão: “nossos irmãos”. O próprio Francisco em seu testamento declarou “e depois que o Senhor me deu irmãos ninguém me mostrou o que eu deveria fazer, mas o Altíssimo mesmo me revelou que eu devia viver segundo a forma do santo Evangelho”.

A evangelização e missão franciscana devem sempre testemunhar o rosto fraterno de Deus. Deus que se encarnou no meio do povo e se faz irmão de todas as pessoas e criaturas. Em nossa missão, como “irmãos menores”, devemos criar proximidade com todas as pessoas sem nenhum tipo de preconceito ou discriminação. Especialmente os mais pobres e marginalizados.

A simplicidade no agir, no ser e especialmente no falar é outra marca que deve acompanhar a nossa pratica missionária. A exemplo de Jesus, “fazer-se menor” só é possível se cultivamos a simplicidade no coração. Aquele(a) que se faz simples e pequeno cabe em qualquer lugar. Tanto entre os mais importantes quanto entre os mais miseráveis. A simplicidade atrai as pessoas. Especialmente quando vamos anunciar o Evangelho em nossa missão.

Dentre tantas outras marcas da missão franciscana gostaria ainda de chamar a atenção para o “Cuidado da Casa Comum”, o “Diálogo inter-religioso” e a “Cultura da Paz” que são 03 grandes desafios que a nossa humanidade enfrenta nesse período conturbado que estamos passando diante de tantas crises mundiais e pandemia.

Como franciscanos e franciscanas, em nossa missão, devemos testemunhar uma “espiritualidade ecológica” que nos leve ao cuidado de todas as criaturas e preservação de todas as formas de vida do nosso planeta. Sabermos nas divergências escutar, respeitar e conviver com o diferente que se expressa no sagrado da religião dos outros e também, diante de qualquer situação que enfrentarmos ou encontrarmos, sermos missionários que promovem a paz entre as pessoas.

Que São Francisco, que este mês celebramos, interceda junto a Deus pela missão de cada um de nós. Paz e Bem!


Frei Franklin Freitas OFM




13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo